A crise de 1383-1385

TYPOLOGIES

Cultura

+ 2
DIFFICULTY

Médio

MIN. AGE

Maiores de 6 anos

Sob consulta

Amazing Experience

A chamada crise dinástica de 1383-85 é um dos mais debatidos temas na Historiografia portuguesa, que levou até à intervenção de políticos como Marcelo Caetano e Álvaro Cunhal. O debate em torno da questão nacionalista, da revolução burguesa ou popular, não está ainda terminado, bem como a articulação destes acontecimentos com outros pela Europa, as chamadas Revoltas camponesas.

Durante este passeio entre o Chiado e Alfama lembramos os momentos vividos durante o período de Interregno, a construção da muralha fernandina e a ascensão ao trono de D. João, Mestre de Aviz.

Mas (...) de que gentes foi meu padre vencido? Foi-o de ingleses que são o frol da cavalaria do mundo, em tanto que, vencido por eles, não deixava de ficar honrado (...) E de que gentes fui eu vencido? Fui-o de chamorros que ainda que me Deus tanta mercê fizesse que a todos tivesse atados em cordas e os degolasse por minha mão, minha desonra não seria vingada

Juan I de Castela

Iremos abordar

  • A muralha Fernandina
  • O mestre de Aviz e o Condestável
  • O cerco de 1384
  • A Jacquerie e as revoluções camponesas na Europa
  • A crónica de Fernão Lopes e o Bispo voador

Ponto de Encontro